Plantas Tóxicas
- As Plantas decorativas que temos em casa, ao mesmo tempo, alegram e enfeitam o ambiente, como também representam um perigo aos nossos gatos. Os felinos são animais curiosíssimos, principalmente os filhotes, que mastigam tudo que encontram, principalmente se é algo colorido e que esta se movimentando com o vento, como as plantas.

- A forma de intoxicação mais comum aos gatos com as plantas ornamentais, se dão por ingestão, causando diversos maus, como: Diarréia, vómito, irritação na pele e na boca, salivação, dermatite, estomatite, e em alguns casos mais graves, convulsões e até a morte.

Nesta matéria, serão demonstradas as principais e mais comuns, plantas causadoras de intoxicação em gatos:

 

Azaléia (Rhododendron) : É

muito comum e bastante utilizada para enfeitar ambientes domésticos, pois vão bem quando plantadas em vasos. A ingestão das folhas, flores ou pólem, causam uma forte intoxicação devido às graiatoxinas, causando: vomito, diarréia, dispnéia, fraqueza muscular, convulsões e morte.

 

 

Costela de Adão (Monstera deliciosa) : Bastante comum também, só que nos quintais, a folha desta planta, contém a sustância tóxica denominada oxalato de cálcio, e se ingerida pode causar, salivação, estomatite e urticária.

 

 

 

 

 

Coroa de Cristo (Euphorbia milii) : Também encontrada em jardins, esta planta de espinhos, contém em seu caule, a susbistancia tóxica (5-deoxyngenol), que causa dor abdominal, irritação na pele e salivação.

 

 

 

Bico de papagaio (Euphorbia pulcherrima) : Tem folhas muito atraentes, com uma cor vermelho sangue, quando ingerida causa, dermatite de contato, vômito e salivação excessiva.

 

 

 

Crisântemo ou margarida (Chrysanthemum spp) : Muito popular em vasos ou jardins, de cor amarela, pode provocar: dermatites, descamação e crostas na pele do animal devido a substancia tóxica denominada sesquiterpeno lactona, encontrado em todas as partes do planta.

 

 

 

Comigo ninguém pode (Dieffenbachia amoena) : Bastante conhecida por ser comum a intoxicação de crianças com esta planta, é popularmente conhecida como venenosa. Sua ingestão pode causar queimadura e inflamação na boca e garganta, anorexia, vômito e diarréia.

 

 

 

Primeiros socorros :

Tendo conhecimento de que o gato ingeriu ou mastigou uma destas plantas ornamentais descritas acima, ou dentre outras varias existentes, deve-se lavar o local de contato (boca, pele ou olhos) com bastante água corrente, e leva-lo imediatamente ao seu médico veterinário de confiança para os procedimentos necessários como lavagens estomacais, administração antibióticos, etc.